Categoria

Receitas

  • Receitas veganas / sobremesas

    Lassi com leite vegetal (vegano, elegante e cremoso!)

    Lassi com leite de amêndoas? Temos!

    O lassi é uma bebida indiana SENSACIONAL! Na versão original, ela é feita com iogurte natural. Como sou daquelas que ama variar receitas, eu amo fazer com leite vegetal. No caso, usei leite de amêndoas, mas você pode optar por usar leite de coco caseiro também. 

    Como fazer o leite de amêndoas caseiro

    Foto da minha irmã @diniloris

    O leite de amêndoas é muito elegante e cheio de gorduras boas, pois as amêndoas são nutritivas, cheias de fibras, proteínas, vitamina E, magnésio, vitamina B2 e fósforo.

    Para 1 litro de leite, aconselho usar cerca de 500g de amêndoas. 

    Independente da quantidade de amêndoas que você queira usar, a ideia é simplesmente deixá-las de molho por pelo menos 8 horas, para que amolecam.

    Depois desse tempo, bata num liquidificador com 500ml de água morna. A água morna vai ajudar que os ingredientes se incorporem.

    Coe para retirar as fibras (se tiver voal em casa, melhor ainda) e está pronto!

    Você também pode usar esse leite para fazer chocolate quente, substituir o creme de leite, para colocar em cremes, bolos, tortas, tomar puro… É simplesmente divinal! Ele dura cerca de 3 dias na geladeira. 

    Reaproveitando as fibras

    Seque as fibras no forno e use para fazer uma farofinha ou use para substituir farinhas em outras receitas

    Finalizando o lassi

    Agora que o leite está pronto, anote aí o restante dos ingredientes e o modo de fazer:

    1 manga madura

    3 bagos de cardamomo (abra e use somente as sementes)

    2 tâmaras demolhadas ou 1 cl. (de sopa) de melado de cana ou 1 cl. (de sopa) de mel (se preferir, não precisa adoçar)

    Num liquidificador, bata tudo até ficar com uma textura de smoothie e sirva gelado.

  • Receitas / Receitas veganas

    Creme de abóbora com leite de coco fresco

    Pense numa receita cremosa, cheirosa, aveludada e nutritiva!

    Caso não queria fazer o leite de coco em casa, tudo bem, mas saiba que o leite fresco é outra coisa. Ele é muito mais simples de executar do que muitos imaginam, e como essa receita não usa o leite de um coco inteiro, você terá a vantagem de poder usar noutras comidinhas, como um chocolate quente vegano, por exemplo. 

    Como fazer o leite de coco fresco

    Fotão da minha hermana Lorena Dini (@diniloris)

    O leite de coco fresco é muito diferente dos leites comprados no supermercado, que levam ingredientes que muitos sequer sabem dizer o que são.

    Compre um coco seco (aquele marrom com fiapos) e ache, dentre os 3 buraquinhos, o mais macio.

    Fure com a ajuda de uma faca, tire a água (você pode tomar) e leve o coco ao forno até rachar.

    Esse processo demora cerca de 20 minutos e serve para tirar a casca facilmente. Se ainda assim tiver difícil, use um martelo para ajudar.

    Caso você queria, experimente pedir aquela ajudinha no mercadinho onde for comprar o coco para levar pra casa com a casca já quebrada, pois muitos lugares fazem essa gentileza. Quanto menor a vendinha, mais aproximação =)

    Corte o coco em pedaços grandes e bata com 700ml de água. Coe para retirar as fibras (se tiver voal em casa, melhor ainda) e está pronto.

    Guarde na geladeira. Costuma durar cerca de 4 dias.

    Para aproveitar todas as partes, seque a fibra que sobrar no forno e vá mexendo para não queimar. Tempere e sirva como farofa ou use nas suas receitas para substituir a farinha.

    Como fazer o creme de abóbora com o leite de coco fresco

    Corte uma abóbora pequena em cubos. Não há necessidade de tirar a casca! Retire as sementes e reserve.

    Coloque para cozinhar com água suficiente para cobrir numa panela. Se preferir, pode usar uma panela de pressão. Adicione 2 pitadas de sal para que o tempero já seja incorporado.

    Aproveitando as sementes da abóbora

    Enquanto a abóbora cozinha, lave as sementes para tirar todo o resquício da abóbora que fica grudada. Seque e leve à frigideira em fogo brando com uma pitada de sal para deixar as sementes bem crocantes. Reserve.

    Finalizando o creme de abóbora com o leite de coco fresco

    Quando a abóbora estiver amolecida, escorre a água, transfira para um liquidificador e bata com uma boa quantidade do leite de coco. Experimente ir colocando aos poucos, para chegar à consistência que você deseja. Eu prefiro um creme bem espesso, então uso bastante leite.

    Se precisar, acrescente mais um tiquinho de sal. Como eu amo colocar pimenta do reino moída na hora em tudo, adiciono também.

    Sirva imediatamente com as sementes por cima, como na foto!

  • Receitas

    Golden milk: receita e benefícios

    Os benefícios do golden milk

    Também conhecido como “leite dourado”, este tônico noturno é bem conhecido nas tradições do Yoga e do Ayurveda devido à uma longa lista de benefícios: é anti-inflamatório, nutre os tecidos e ossos, além de ser um reforço para o sistema imunológico.

    A combinação sinérgica de cúrcuma, coco, gengibre, pimenta e outras especiarias é apoiada pelos conhecimentos antigos dos vedas e também pela pesquisa moderna. Alguns estudos citam a cúrcuma como um poderoso aliado para prevenção de doenças como Câncer, Alzheimer e Parkinson. Além de poderoso medicamento, também é delicioso!

    Essa receita foi cedida pela @brunamartaf, que promove comigo o Cozinha Intuitiva.

    Lista de ingredientes para uma xícara:

    1 xícara de leite de coco ou leite de amêndoa
    1 colher (de chá) de açafrão-da-terra (cúrcuma)
    ½ colher de (chá) de gengibre moído
    1 colher (de chá) de óleo de coco
    ½ colher (de café) de pimenta preta
    1 colher (de café) de cardamomo em pó
    1 canela em pau
    ½ – 1 colher de chá de mel cru ou melado (opcional)

    Modo de fazer:

    Momento de aprendizado capturado pela @fernandabatis no Cozinha Intuitiva

    Em uma panela pequena, aqueça o leite em fogo médio-alto por 2 a 4 minutos, ou até que você ver o vapor subindo para fora da panela. Adicione todos os outros ingredientes, exceto o mel, e misture até obter um líquido homogêneo.

    Despeje em uma caneca e adoce com melado ou com mel e beba imediatamente.

  • Receitas / Receitas veganas / Receitas vegetarianas

    Panqueca de aveia fermentada: simples e apenas 2 ingredientes

    Essa receita de panqueca de aveia fermentada, regula o intestino por ser cheia de fibras, tem funções imunológicas, conta com vitaminas e minerais antioxidantes e além de tudo isso evita a sobrecarga de glicose e de insulina, que é aquela hormônio que leva os compostos açucarados para nossas células.

    Quem nos contou isso tudo e nos deu essa receitinha de presente foi a Dani Kohn, uma artista visual que vive atualmente em Belo Horizonte e trabalha com fermentação selvagem na Cozinha Nômade, interface que criou para viajar pelo mundo e se reconectar com a natureza através do alimento! Quer boniteza maior do que viajar dessa maneira ocupando a cozinha das pessoas?

    Você encontra mais do trabalho da Dani no @acozinhanomade e ela também escreve sobre os fermentados para o Guaja

    Essa receita de panqueca de aveia fit é daquelas que podemos acionar quando a fome bate, a qualquer hora do dia.
    Continue Reading

  • Receitas

    Requeijão cremoso de inhame

    Você sabe quantos ingredientes um requeijão industrializado contém?

    Se você é uma pessoa vegana ou fanática por checar os ingredientes dos rótulos dos produtos, provavelmente deixou de comer requeijão industrializado por ter percebido que a maior parte deles contém aditivos que a maior parte dos mortais sequer sabe o que são.

    Um requeijão processado geralmente contém: leite integral, creme de leite, cloreto de sódio, cloreto de cálcio, coagulante, fermento lácteo, emulsificantes (450iii, 452i, 451i, 450v e 451ii), conservadores sorbato de potássio e nisina.

    Para fazer um requeijão de inhame saudável e cremoso, você vai precisar de:

    1 inhame médio descascado
    2 colheres (de sopa) de azeite extravirgem
    100ml da água do cozimento
    1 colher de sopa de polvilho azedo (esse ingrediente vai ajudar a massa a dar uma “chicletada”)
    Sal a gosto (usei 1/2 cl. de chá)
    Pimenta do reino a gosto
    Suco de 1/2 limão (para conferir acidez e pungência)

    Modo de preparo do requeijão de inhame cremoso

    Descasque o inhame e cozinhe em fogo alto até que chegue a uma textura bem macia

    Despeje com a água do cozimento num liquidificador, acrescente o restante dos ingredientes e bata até obter a textura desejada

    Ele fica cremosão assim pois o inhame contém muito amido!

    Foto da @fernandabatis

    Na foto montei um café da manhã para o Workshop Cozinha Intuitiva com requeijão de inhame, homus de beterraba e pesto de rúcula.

    Se você quiser ficar sabendo das próximas datas do Workshop, me siga no @cebolanamanteiga, onde deixo muitas dicas culinárias do bem como essa.

  • Receitas

    Homus de beterraba (colorido, para comemorar a primavera)

    Homus ou húmus (do árabe hummus) é um alimento típico da cultura árabe feito a partir de grão-de-bico cozido. É uma pasta vegana, deliciosa e saudável, que pode ser conservada em pote hermeticamente fechado por até 05 dias na geladeira.

    Como o homus é comido no oriente

    O jeito mais tradicional de comer é com nacos de pão pita (aquele pão árabe fininho). Basta rasgar o pão com as mãos e mergulhar numa porção genenosa de homus.

    Se você gosta de carnes,  sirva com o homus em temperatura ambiente, pois o calor o faz virar um molho de consistência espessa e aveludada.

    Para comer com sanduíches, espalhe bem sobre o pão como se fosse manteiga, lembrando que o excesso pode amolecer o pão.

    No Oriente existem até mesmo casas e bares especializadas nessa pastinha!

    Ingredientes

    1 xícara de chá de grão de bico já cozido (ver dica abaixo de como cozinhar)
    Suco de 1 limão
    2 cl. de sopa de tahine
    1 pitada de sal
    1 dente de alho
    1 pitada de páprica (opcional)
    1 pitada de cominho moído (opcional)
    1/4 xícara de azeite de boa qualidade
    1 beterraba média ralada

    Como cozinhar o grão de bico

    Coloque o grão de bico de molho em água suficiente para cobri-lo por pelo menos 8 horas.

    Esse processo serve para remover o fitato (ácido fítico), que causa indigestão. O ideal mesmo é deixar de molho por 48 horas e ir trocando a água aos poucos.

    Você vai perceber que ele irá soltar uma espuma esbranquiçada, que é a liberação desse ácido

    Foto da minha hermana @diniloris

    Como fazer

    Coloque o sal e o grão de bico numa panela de pressão, adicione água suficiente para cobri-lo e cozinhe em fogo baixo por cerca de 30 minutos depois que pegar pressão.

    A ideia é ficar mole o suficiente para ser triturado com facilidade.

    Escorra a água e bata todos os ingredientes em liquidificador até chegar na consistência desejada. Se ficar muito grosso, adicione um pouco mais de azeite até ficar homogêneo.

    Acerte o sal se necessário.

    Foto por @fernandabatis

    Na foto, requeijão de inhame, pesto de rúcula e homus de beterraba sendo servidos no café da manhã do Wotkshop Cozinha Intuitiva.

    Siga meu instagram para ficar sabendo das próximas datas: @cebolanamanteiga.com

    =)

  • Chás / Receitas

    Chá da leveza (digestivo e desintoxicante)

    Esse chá é um poderoso desintoxicante do corpo e favorece uma melhora na retenção de líquidos e circulação. Além de saborosa, a erva doce é um potente digestivo e ajuda a eliminar gases.

    A cavalinha tem propriedades diuréticas e acelera naturalmente o metabolismo. Já o dente-de-leão é uma planta espontânea muito rica em nutrientes e eficiente no controle do colesterol, além de estimular o fígado. Por fim, a camomila acalma, desacelera e também ajuda a digerir alimentos e emoções.

    Ingredientes para 2 canecas de chá da leveza:

    400ml de água filtrada
    2 cl. (de sopa) de erva doce
    1 cl. (de sopa) de camomila
    1/2 cl. (de sopa) de dente de leão
    1/2 cl. (de sopa) de cavalinha

    Como fazer:

    Ferva a água e desligue o fogo.

    Numa caneca, coloque todos os ingredientes, depois adicione água e espere até que o aroma apareça.

    Coe e   sirva em seguida!


    Essa receita foi elaborada pela minha amiga Bruna Marta (@brunamartaf) e foi por nós ensinada no último Workshop Cozinha Intuitiva. A terceira edição já está com inscrições abertas, basta clicar aqui. 

    Foto por @fernandabatis

Pin It on Pinterest