Categoria

Receitas veganas

Receitinhas inovadoras para quem não consome produtos de origem animal, seja por questões políticas, ambientais ou simplesmente por escolha! A ideia é cozinhar com ingredientes especiais, coloridos e cheios de textura, pois levamos em conta o ponto de cada ingrediente. #govegan

  • Receitas / Receitas veganas

    Creme de abóbora com leite de coco fresco

    Pense numa receita cremosa, cheirosa, aveludada e nutritiva!

    Caso não queria fazer o leite de coco em casa, tudo bem, mas saiba que o leite fresco é outra coisa. Ele é muito mais simples de executar do que muitos imaginam, e como essa receita não usa o leite de um coco inteiro, você terá a vantagem de poder usar noutras comidinhas, como um chocolate quente vegano, por exemplo. 

    Como fazer o leite de coco fresco

    Fotão da minha hermana Lorena Dini (@diniloris)

    O leite de coco fresco é muito diferente dos leites comprados no supermercado, que levam ingredientes que muitos sequer sabem dizer o que são.

    Compre um coco seco (aquele marrom com fiapos) e ache, dentre os 3 buraquinhos, o mais macio.

    Fure com a ajuda de uma faca, tire a água (você pode tomar) e leve o coco ao forno até rachar.

    Esse processo demora cerca de 20 minutos e serve para tirar a casca facilmente. Se ainda assim tiver difícil, use um martelo para ajudar.

    Caso você queria, experimente pedir aquela ajudinha no mercadinho onde for comprar o coco para levar pra casa com a casca já quebrada, pois muitos lugares fazem essa gentileza. Quanto menor a vendinha, mais aproximação =)

    Corte o coco em pedaços grandes e bata com 700ml de água. Coe para retirar as fibras (se tiver voal em casa, melhor ainda) e está pronto.

    Guarde na geladeira. Costuma durar cerca de 4 dias.

    Para aproveitar todas as partes, seque a fibra que sobrar no forno e vá mexendo para não queimar. Tempere e sirva como farofa ou use nas suas receitas para substituir a farinha.

    Como fazer o creme de abóbora com o leite de coco fresco

    Corte uma abóbora pequena em cubos. Não há necessidade de tirar a casca! Retire as sementes e reserve.

    Coloque para cozinhar com água suficiente para cobrir numa panela. Se preferir, pode usar uma panela de pressão. Adicione 2 pitadas de sal para que o tempero já seja incorporado.

    Aproveitando as sementes da abóbora

    Enquanto a abóbora cozinha, lave as sementes para tirar todo o resquício da abóbora que fica grudada. Seque e leve à frigideira em fogo brando com uma pitada de sal para deixar as sementes bem crocantes. Reserve.

    Finalizando o creme de abóbora com o leite de coco fresco

    Quando a abóbora estiver amolecida, escorre a água, transfira para um liquidificador e bata com uma boa quantidade do leite de coco. Experimente ir colocando aos poucos, para chegar à consistência que você deseja. Eu prefiro um creme bem espesso, então uso bastante leite.

    Se precisar, acrescente mais um tiquinho de sal. Como eu amo colocar pimenta do reino moída na hora em tudo, adiciono também.

    Sirva imediatamente com as sementes por cima, como na foto!

  • Receitas / Receitas veganas / Receitas vegetarianas

    Panqueca de aveia fermentada: simples e apenas 2 ingredientes

    Essa receita de panqueca de aveia fermentada, regula o intestino por ser cheia de fibras, tem funções imunológicas, conta com vitaminas e minerais antioxidantes e além de tudo isso evita a sobrecarga de glicose e de insulina, que é aquela hormônio que leva os compostos açucarados para nossas células.

    Quem nos contou isso tudo e nos deu essa receitinha de presente foi a Dani Kohn, uma artista visual que vive atualmente em Belo Horizonte e trabalha com fermentação selvagem na Cozinha Nômade, interface que criou para viajar pelo mundo e se reconectar com a natureza através do alimento! Quer boniteza maior do que viajar dessa maneira ocupando a cozinha das pessoas?

    Você encontra mais do trabalho da Dani no @acozinhanomade e ela também escreve sobre os fermentados para o Guaja

    Essa receita de panqueca de aveia fit é daquelas que podemos acionar quando a fome bate, a qualquer hora do dia.
    Continue Reading

  • pratos principais / Receitas / Receitas veganas / Receitas vegetarianas

    Quibe de quinoa e abóbora recheado com requeijão de inhame

    Essa receita simples, nutritiva e barata foi cedida pelo @ayurveggie, delicadamente pensada como uma forma de cura para nosso corpo!

    Os temperinhos do quibe podem variar à vontade, o importante é só manter as farinhas, a abóbora e quinoa.

    Quanto ao requeijão de inhame, ele costuma durar 3 dias na geladeira, e é TÃO BOM que se eu fosse você faria o dobro da receita abaixo para comer com outras comidinhas.

    Quem vem?

    Continue Reading

  • Receitas / Receitas veganas

    Leite de amêndoas fresco

    O leite de amêndoas é muito elegante e cheio de gorduras boas, pois as amêndoas são nutritivas, cheias de fibras, proteínas, vitamina E, magnésio, vitamina B2 e fósforo.

    Para 1 litro de leite, aconselho usar cerca de 500g de amêndoas. 

    Independente da quantidade de amêndoas que você queira usar, a ideia é simplesmente deixá-las de molho por pelo menos 8 horas, para que amolecam.

    Depois desse tempo, bata num liquidificador com 700ml de água morna. A água morna vai ajudar que os ingredientes se incorporem.

    Coe para retirar as fibras (se tiver voal em casa, melhor ainda) e está pronto!

    Use para fazer chocolate quente, substituir o creme de leite, para colocar em cremes, bolos, tortas, tomar puro… É simplesmente divinal!

    Dura cerca de 3 dias na geladeira. 

    Reaproveitando as fibras

    Seque as fibras no forno e use para fazer uma farofinha ou use para substituir farinhas em outras receitas.


    Crédito da foto à minha hermana Lorena Dini (@diniloris)

  • Receitas / Receitas veganas

    Como fazer leite de coco fresco em casa

    O leite de coco fresco é muito diferente dos leites comprados no supermercado, que levam ingredientes que muitos sequer sabem dizer o que são.

    Compre um coco seco (aquele marrom com fiapos) e ache, dentre os 3 buraquinhos, o mais macio.

    Fure com a ajuda de uma faca, tire a água (você pode tomar) e leve o coco ao forno até rachar.

    Esse processo demora cerca de 20 minutos e serve para tirar a casca facilmente. Se ainda assim tiver difícil, use um martelo para ajudar.

    Caso você queria, experimente pedir aquela ajudinha no mercadinho onde for comprar o coco para levar pra casa com a casca já quebrada, pois muitos lugares fazem essa gentileza. Quanto menor a vendinha, mais aproximação =)

    Corte o coco em pedaços grandes e bata com 700ml de água.

    Coe para retirar as fibras (se tiver voal em casa, melhor ainda) e está pronto.

    O voal é esse saquinho vermelho da foto!

    Guarde na geladeira. Costuma durar cerca de 4 dias.

    Para aproveitar todas as partes, seque a fibra que sobrar no forno e vá mexendo para não queimar. Tempere e sirva como farofa ou use nas suas receitas para substituir a farinha.

    —————————————————————————————————————————-

    Créditos desse fotão à minha hermana Lorena Dini (@diniloris)

  • pratos principais / Receitas / Receitas veganas / Receitas vegetarianas

    Como fazer Tom Kha Gai (sopa tailandesa)

    Esta sopa leve e aromática é uma refeição completa, que acelera o metabolismo, dando aquela engrenada na dieta do jeito mais delicioso possível.

    A receita original leva frango marinado no limão como ingrediente, portanto essa sopa também é conhecida como “chicken coconut soup”.  Entretanto, vou ensinar a fazer a sopa sem o frango.

    Como se não bastasse todas as vantagens, o preparo é simples e dura apenas quarenta minutos. Ah, serve quatro pessoas e fica deliciosa sem a proteína!

    Todo mundo pronto?

    Continue Reading

  • Receitas veganas / sobremesas

    Sorvete de banana com calda de jabuticaba

    Já pensou em tomar um sorvete extremamente saudável, sem açúcar, e se sentir muito nutrido? Pensando nisso, hoje vim trazer o sorvete de banana, que pode levar apenas um ingrediente ou vários, de acordo com sua escolha. É que a base do sorvete é só isso mesmo: bananas de qualquer tipo, cortadinhas em rodelas, congeladas e que depois de batidas viram um sorvete inacreditável.

    Você NUNCA MAIS vai jogar bananas fora. Quando elas estiverem passando do ponto, lembre desse sorvete!

    Ingredientes para o sorvete de banana

    5 bananas cortadas em rodelas

    Primeiro é preciso congelar as bananas

    Congele as bananas por pelo menos 6 horas ou até endurecer

    Elas podem ficar no congelador durante pelo menos 2 meses, mas duvido que depois de fazer esse sorvete pela primeira vez, você vai querer demorar tanto para consumir!

    Fazendo o sorvete

    Descongele 10 minutos antes de bater, para não correr o risco de queimar o liquidificador

    Bata as bananas até virar um creme homogêneo e, se preferir, adicione qualquer outro ingrediente, conforme falei lá em cima. No caso, coloquei a rúcula

    Acompanhamentos de dar água na boca

    Sirva puro ou com nuts, sementes, goji berry, nibs de cacau, coco ralado, mel ou o que sua imaginação mandar!

    Na foto, servimos com calda de jabuticabas frescas. Clique aqui para pegar a receita!

  • entradinhas / pratos principais / Receitas / Receitas veganas / Receitas vegetarianas

    Creme exótico de cenoura e gengibre

    Está aberta a temporada de sopas, cremes  e caldos aqui no Cebola na Manteiga!

    E para estrear esse clima de inverno gostoso em grande estilo trazemos uma receita de creme de cenoura com gengibre, que tem origem árabe e o poder de acalentar os corações mais gélidos.

    Cura ressaca, cura dor de amor e abraça a gente por dentro. Se aprochega, vai:

    Continue Reading

  • Receitas / Receitas veganas

    Que tal um chocolate quente?

    Esse chocolate quente aquece por dentro, traz memórias da infância e tem uma textura aveludada super leve na boca💗

    Como se não bastasse tanta deliciosidade, é cremoso, gostoso, quentinho, saudável, sem lactose ou produtos de origem animal.

    Fica bom com qualquer leite vegetal que contenha um mínimo de gordura, pois assim o organismo digere de uma maneira mais lenta. Se você usar o leite de arroz, que tem pouquíssima gordura, vai ficar bom também, mas a glicose vai lá nas alturas. Dosar é sempre bom.

    Quem vem?

    Continue Reading

NÃO PERCA NENHUMA NOVIDADE!
Receba em primeira mão o conteúdo do Cebola :)
Inscrever!
Me inscrever :)

Pin It on Pinterest